quarta-feira, 2 de agosto de 2017

O tempo da fruta

Este ano não nos podemos queixar de falta de fruta… Como escrevi no post anterior, apesar de distribuirmos por todo o lado, não estamos a conseguir dar conta de tantas ameixas… Acabam por se estragar, por cair de maduras. As pereiras estão cheias, com as peras, aparentemente, sem bicho. As maçãs, apesar do desbaste que fizemos, são às pazadas: de duas macieiras pequenas, temos maçãs, para dar e vender. Para já, só as peras mel estão em condições de comer e são pouquinhas, pois a pera rocha ainda não está madura; para já, das maçãs só estou a aproveitar as que vão caindo e queremos fazer sidra…. Vamos lá ver como corre!







Continuamos com os trabalhos no quintal, porque há que aproveitar o bom tempo. Numa das casinhas de madeira, a mais pequena, há dois invernos a proteção do telhado desapareceu numa noite de vento. Provisoriamente colocámos um plástico que, na semana passada, também ficou feito em frangalhos devido ao vento. Este fim de semana lá nos propusemos a cobrir o telhado definitivamente, esperamos nós, aproveitando com onduline que tinha sobrado das obras da casa e outro que tivemos que comprar. Azar, é de cor diferente… Assim, temos meia agua toda pi-pi, em preto, e a outra toda cheia de remendos em vermelho. Um bocado abarracado, mas é o que se pode arranjar.




Ir ao Leroy Merlin é sempre “mau”, de cada vez que lá vamos, eu “invento” qualquer coisa para gastar dinheiro… Desta vez, foi num sistema eléctrico de produção independente… Já há algum tempo que andava com esta ideia para poder iluminar o quintal e deixar de gastar dinheiro em candeeiros solares que só gastam pilhas e não rendem nada. E pronto, já está tudo montadinho: um painel Solar pequeno e as maquinetas associadas para poder ligar lâmpadas em 230v. Já deu luz, agora é só passar para a rua…



E já fizemos a nossa vindima… Os três cachos que as duas videiras deram, estavam maduros e já os apanhámos e comemos… Uva branca de mesa muito doce e sem qualquer tratamento. Para o ano há mais…

Sem comentários:

Enviar um comentário